Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

VIRA...

Maria batia com o lápis na secretária, nervosa, com a cabeça dobrada sobre o ombro, segurando o auscultador do telefone.

Marcou pela terceira vez o número e aguardou enquanto chamava. Como das outras vezes ouviu “o seu telefonema é importante para nós, por favor não desligue, atenderemos a sua chamada logo que possível”, seguida de música…

Quando já desesperava, alguém atendeu…

- Boa tarde. Queria falar com a Dr.ª Luísa.

- A Dr.ª Luísa não está.

- Também nunca está. Estou farta de ligar, de mandar mails, mensagens e nunca me responde…

- Não sei que lhe diga, mas nada posso fazer…

- Isto não pode ser assim. Quero falar com quem está em cima dela…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.