Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

QUEM ME DERA

- Vô, fomos aí pela estrada acima, pedir pão – enquanto falava abriu o lenço da cabeça, com vários pedaços de pão de milho – eu e o Reiné. Pedimos pra si, mas já comemos alguns…

Há vários anos que o avó estava entravado, da cama para a cadeira do coberto, para apanhar sol nos pés, e daí para a cama.

- Pode ser, dá-me um bocado. Olha lá, ninguém vos deu um cigarrinho? Isso é que era. Olarila, isso é que era…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.