Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

PAROLO

Por acaso, ao olhar mais atentamente para a factura da água, reparei que sé estava a pagar o aluguer do contador e a taxa de saneamento, constando um zero no que toca ao consumo. Curioso procurei os documentos dos meses anteriores e constatei que o contador não estava funcionar, apresentando nos três meses anteriores a mesma contagem.

No dia seguinte dirigi-me aos serviços camarários para lhes dar conta do problema, uma vez que temia a imposição de uma eventual contraordenação, sabendo o quanto podem ser mesquinhos certos serviços públicos que aparentemente existem para o nosso bem-estar.

- E você vem aqui queixar-se de que o contador não funciona?... Quem me dera a mim. Problemas? Nã… Não se preocupe. Espere aí. Ó zé chega aqui. Este senhor está a queixar-se que o contador não funciona…  

- Que maravilha. Quem me dera a mim. Aproveite para regar a relva. Problemas? Não… os serviços é que têm de ver... Não se preocupe. Aproveite…