Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

ATCHIM!

 

- Boa tarde…
- Boa tarde…
- Eu estou a ligar para saber o resultado de uma análise de gripe A, feita ao meu filho na terça-feira…
- Aqui no hospital?
- Sim. Na terça-feira fui às urgências e fizeram a análise e hoje já sabia o resultado…
- Não sei. Não desligue, vou ligar à UCI…
(música)
 - Eu estou a ligar para saber o resultado de uma análise de gripe A, feita ao meu filho na terça-feira…
- Sim… mas não é aqui, nós aqui só fazemos os internamentos. Talvez no laboratório. Não desligue, vou passar.
(música)
- Sim laboratório…
- Eu estou a ligar para saber o resultado de uma análise de gripe A, feita ao meu filho na terça-feira…
- E mandaram-na para aqui?
- Passaram o telefonema para aí…
- Mas nós aqui não fazemos as análises à gripe…
- Mas disseram-me que hoje sabiam os resultados e como pode compreender estou um pouco ansiosa.
- Compreendo, mas aqui não sabemos de nada. Vou passar para a UCI…
(música)
- Eu estou a ligar para saber o resultado de uma análise de gripe A, feita ao meu filho na terça-feira…
- Nós aqui não temos acesso às análises. Talvez no laboratório lhe saibam dizer…
- Mas você já me passou para o laboratório, e de lá passaram para aqui outra vez…
- Então não sei. Onde fez a análise?
- Na urgência, na terça-feira.
- Então talvez lá lhe saibam dizer, vou passar
(música)
- Sim? Urgência.
- Eu estou a ligar para saber o resultado de uma análise de gripe A, feita ao meu filho na terça-feira…
- Aqui na urgência não temos acesso a análises. Isso é com o laboratório…
- Mas eu já falei com o laboratório e ninguém sabia de nada…
- É sempre a mesma coisa, ninguém sabe de nada. Mas aqui também não sei. Só se lhe passar para a UCI…
(música)
- Sim? UCI…
- Sou eu novamente. Na urgência ninguém sabia.
- Só se lhe der o número do laboratório do Porto que faz as análises. Pode ser que eles lhe digam alguma coisa.
- Mas a mim disseram-me para ligar hoje para aí que já teriam o resultado da análise. O meu filho está a tomar Tamiflu por precaução e eu quero saber se continuo ou paro com o medicamento. 
- Pois, só um momento…
( - Tenho aqui uma pessoa ao telefone por causa de uma análise da gripe. O que é que lhe digo?
- Sei lá! Diz-lhe que depois mandamos uma carta com os resultados.)
(musica)
- Sabe nós depois manda-mos uma carta com os resultados.
- Mas como uma carta. Se já passou tanto tempo, quando a carta chegar já passaram os sete dias de quarentena.
- Pois, mas não lhe posso dizer mais nada… Só se quiser ligar amanhã e fala com o chefe…
- Quando?
- Da parte da tarde. E depois ele já lhe diz como é que se faz…
- Está bem. Obrigado.