Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

NO PORTO...

 

- Boa tarde, D. Ermelinda.
- Olá Maria. É a tua filha?
- É sim. Está crescida…
- Está grande, está. Já tem “mod’vida”?
- Ainda anda a estudar. Vai-se inscrever agora para medicina, ou em Braga ou no Porto – disse a Maria com indisfarçável orgulho…
- Ai no Porto. No Porto é muito difícil entrar. Eles lá só aceitam pessoas de certas famílias. Os filhos do meu irmão na altura andaram lá, e foi difícil. Entraram por serem de quem são…
No Porto, olhem-me essa…” afastou-se resmungando baixinho, subindo, no vagar dos anos, as escadas da capela, para a missa das seis…