Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do pipo ó copo

Ponte de Prado

do pipo ó copo

Ponte de Prado

20

- Olha, hoje apanhas-me mal disposto, mas eu vou-te atender na mesma. Já da outra vez vieste com a mesma cantiga, e eu tentei explicar-te com falinhas mansas, mas já vi que não percebeste… Não, não, não, deixa-me acabar e depois falas…

Isto é assim, tu estás com a mania que és professor, mas não és… tu estás aqui porque o teu pai é amigo do meu, e ele pediu-me e pronto, sabes como é… mas tu não és professor; tu és um gajo que dá umas aulas de computadores, para os putos saberem mexer nos ratos e nos botões. Vê se entendes, os putos andam aqui por causa do subsídio. Esta merda é o ganha-pão dos putos desta parvónia, e se tu começas a exigir ou ameaçar que os reprovas eles põem-se n’alheta, e sem ganhar, os pais ficam fodidos, não os deixam vir e sem putos deixámos nós de ganhar; tu vais de guias num piscar de olhos, e eu fecho a porta a cadeado e adeus até prá próxima….

Tu achas que alguém quer saber do curso de marketing, turismo ou informática na optica do utilizador para alguma coisa?... Eles querem é mamar o dinheirinho do subsidio; querem é fumar uns cigarrinhos e ir ao cinema de vez em quando, em vez de ficarem em casa a lavar os colhões aos porcos, ou a dar milho às galinhas…