links
arquivos

Novembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Maio 2017

Março 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Abril 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

favorito

SO LONG LEONARD...

MANDEI A ITÁLIA PRÓ CARAG...

VIAGENS...

TINTURA

DA RUA PARA O CONVENTO.

É A VIDA...

blogs SAPO
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011
ACEITAM-SE TROCAS.

Troca-se emprego no sector privado, com 14 prestações anuais, com as seguintes características:

            - Salário pago a partir do dia 1 ao dia…;

            - Sub. Alimentação;

            - 8, 5 horas por dia de trabalho;

            - Direito a greve, virtual;

            - Contrato a prazo, sem prazo;

            - 1 ano de desemprego, se for caso disso;

            - Sem promoções;

            - Sem regalias;

            - Descontos para a Seg. Social e IRS.

Por emprego no sector público, com 12 prestações anuais, compatível com a mesma categoria profissional.

publicado por JP às 16:08
| comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011
FELICIDADES

Todos nós conhecemos as histórias de nossos pais e avós, e da sua pobreza, e de como comiam meia sardinha, com caldo de nabos...

 

Os nossos filhos e netos irão ficar admirados, quando lhes contarmos as histórias da abundância.

 

Felizmente a felicidade não depende do que se tem...

publicado por JP às 10:21
| comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011
TRICA.

- Ai, Ai, eu já deixei de comprar roupa de marca. Agora vou ao mais barato...

- Eu não. Compro roupa de marca, falsificada.

 

publicado por JP às 12:02
| comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011
RIQUINHO

Que país tão rico éramos, quando na agricultura, nas pescas e na industria trabalhavam os nossos pais.

Mas eram outros os tempos. Tempos de desgraças e desgraçados, de esfomeados e patrões degradados, matavam a ilusão, obrigavam a trabalhar por uma côdea de pão, batiam com o que tinham à mão…

Deram-nos totobolas, totolotos e euromilhões, para nos desenvolvermos, e nós gastámos, gozando com quem não aproveitava, com quem na abundância não mamava.

E construímos hipers, abrimos cafés, prontos-a-vestir e perfumarias, compramos Mercedes, motos de água e casas na praia, edificámos estradas e oh meu Deus, auto-estradas, estádios de futebol, centros interpretativos das geiras, casas da cultura, incubadoras de empresas, empresas na hora que duravam horas…

E agora vivemos na ilusão da riqueza que a agricultura, as pescas e a indústria em que trabalharam os desgraçados dos nossos pais, nos irá dar.

Catemo-nos…

publicado por JP às 12:55
| comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Novembro de 2011
... P'RA DEBAIXO DO TAPETE.

 

 

 

       Oferta do Conde Drácula a sua mãe, para limpar a masmorra, onde a aprisionou, feita com partes do corpo de seu irmão, também prisioneiro, retiradas sem anestesia, e que não tendo morrido no processo, ficou com uma saúde periclitante, vendo-se impedido de assoar o nariz e de tirar prazer do seu próprio corpo para o resto da existência…

       Estando na família desde o séc. XIX, quando um nosso antepassado a roubou de um museu em Praga, com o propósito de fazer uma sopa de carne e chupar o osso, não tendo concretizado a ideia por ter morrido atropelado por uma carroça na chegada ao país, foi agora a concurso de vassouras do “halloween”, na escola do meu filho.

publicado por JP às 10:01
| comentar | favorito