links
arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Maio 2017

Março 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Abril 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

.......................
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
tags

todas as tags

favorito

SO LONG LEONARD...

VIAGENS...

TINTURA

DA RUA PARA O CONVENTO.

É A VIDA...

FAZ UM DESENHO...

blogs SAPO
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008
QUE REMÉDIO...

Porque é que lhe chamam "remédio dos escaravelhos" a uma coisa que serve para os matar?...

Deve ser por lhes tirar a tosse...

 

 

publicado por JP às 16:53
| comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008
DESCAPOTÁVEL.

 

Sempre desejei ter um descapotável...

Agora já tenho!

 

publicado por JP às 17:40
| comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008
VINTE...
- Desculpe, eu…
- Sim, diga.
- Eu fui aqui às urgências; bati com a cara numa mesa e parti dois dentes – disse enquanto tapava a boca com um lenço. Eu peço imensa desculpa, eu não queria incomodar…
- Não se preocupe, diga… esteja à vontade.
- Eu trabalho na Universidade do Minho, no departamento de Matemática… Ai estou tão envergonhada, nem sei como falar nisto…
- Diga, esteja à vontade…
- Eu sou de Fafe, mas com a confusão não sei onde meti a carteira, nem o Multibanco, e não tenho dinheiro para meter gasolina… são trinta quilómetros e eu sei lá 5 euros devem chegar… não sei…
- Sim se o carro gastar 7 ou 8 aos cem, devem chegar…
- O meu carro é um Audi A3… deve ser isso não?... eu não percebo nada…
- Pronto para evitar ficar a meio do caminho, empresto-lhe 20 euros, assim vai mais descansada…
- Obrigada, eu estou tão envergonhada… ligue-me para o telemóvel é o 918681132, amanhã, e combinámos para eu lhe devolver o dinheiro…
- Está bem, já gravei… Esteja descansada… Amanhã falo consigo então.
- Estou tão envergonhada…
 
No dia seguinte liguei… ninguém atendeu.
publicado por JP às 19:01
| comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008
TODO O MUNDO...
Sentir toda a vida num segundo
Uma fracção do tempo apenas
Mas nesse rápido remoinho
Ter tudo, o que dos anos se espera
Passar do calor ao frio
Passar do ventre ao rígido
Deixar o berço pelo velório
Passar de pequenino a ossos
 
Mas nesse rápido passar
Amar alguém
Sentir também
Chorar alegre
Rir do triste
Sofrer do bem
Passar alem
E um segundo marca o mundo
publicado por JP às 16:32
| comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
TEMPO
Vendo tempo passado
Em suaves prestações
Com garantia e atestado
De grandes preocupações
 
Bom tempo, também trato
Se for vontade da menina
Só não ponho no contrato
Se não gostar, declina
 
Mau tempo, tenho aos molhos
Mas não consegue vender-se
Até entra pelos olhos
Tanto tempo a perder-se
 
Tempos de felicidade
Tentei comprar, por ambição…
Mas o gajo da cidade
Disse-me: não há à venda, não…
publicado por JP às 19:55
| comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Janeiro de 2008
A MINHA BICICLETA COR DE ROSA
A cor é da cor cor-de-rosa, a minha prefeída.
E diz Barbie
Sabias que diz Barbie, Padrinho
E tem um travão atrás e outro à frente
E um travão de descanso…
E vai levar-me nos sonhos,
Por florestas encantadas
Por caminhos de ilusão
Fugindo da policia, atrás de ladrões
Ao encontro de amores, ternos, breves, definitivos
De amigos e das férias de verão
À adolescência
A pedalar sem mãos para lá do horizonte
Vai ser testemunha de sorrisos
Lágrimas e desesperos
Vai ser companheira de vida…
 
E eu vou andar na minha bicicleta
Na minha bicla cor-de-rosa…
publicado por JP às 20:14
| comentar | favorito
|