links
arquivos

Abril 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

.......................
pesquisar
 
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

FELIZ ANIVERSÁRIO

AQUECEDOR

PARABÉNS A MIM...

DÉFENSE DE FUMER...

LÁGRIMA...

blogs SAPO
Terça-feira, 5 de Abril de 2016
FELIZ ANIVERSÁRIO

- Pai, pega nestes 10 euros e compra uma prenda prá mãe...

- E compro o quê filhinho?

- Sei lá - disse olhando em volta - pode ser... um caixote do lixo novo.

- Talvez não seja boa ideia...

- Não Sei. Compra tu, mas logo, vê lá se trazes o troco.

 

publicado por JP às 17:04
| comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2015
AQUECEDOR

- Hoje deu na televisão uma coisa muito importante para ti…
- O quê, vó?…
-Foi sobre isto do clima. Devias ter visto; deve ser importante para a escola…
- Sim, nós já estudámos isso.
- Eu não percebi bem mas disseram coisas que assustam mesmo. Os homens estragam tudo; fizeram um buraco lá em cima para ir à lua, e depois apanharam uma estrela que nos está a aquecer…

publicado por JP às 10:06
| comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015
PARABÉNS A MIM...

Passos Coelho tentou num último gesto de desespero, agradar-me, propondo comemorar o dia de hoje na Assembleia da República. Estranhamente só o CDS-PP, alinhou na ideia...

Estranho é que estejam sempre a insistir no quadragésimo aniversário. Eu já lhes comuniquei, via facebook, que apesar de estar bem conservado, não aparentar, e blá blá, são cinquenta e um, e estes ninguem mos tira...

publicado por JP às 09:15
| comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Novembro de 2015
DÉFENSE DE FUMER...

BALA.png

 

 

publicado por JP às 15:17
| comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Novembro de 2015
LÁGRIMA...

- Mãe, se tu morreres eu quero morrer contigo!...

- Dorme mas é... E não digas asneiras.

- Mas mãe... Eu morro na mesma...

 

publicado por JP às 09:36
| comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Setembro de 2015
NORMAL

Um pouco tocado, nem bêbado nem sóbrio, olhava o copo cheio com olhos vazios, lamentando ter começado quando prometera a si próprio um só café.
O mesmo sentimento de culpa que o invadia todas as tardes, olhando o copo e as garrafas que se acumulavam na mesa enquanto desfiava “A Bola” de trás prá frente e da frente pra trás, deixava-o irritado, e era quase sempre com um grunhido surdo que respondia ao Zé, quando este lhe desejava “boa tarde Sr. Luís, e até amanhã”, que contrastava com a jovialidade que apresentava à chegada …
Desde que ficara desempregado, e tendo passado o inconformismo inicial, o seu dia-a-dia era feito da mesma igualdade…
Irritado, e distraído nos pensamentos, não ouviu o Padre Januário quando entrou acompanhado do Sacristão e desejou “uma boa tarde meus senhores…”
Só levantou os olhos quando o Zé perguntou a rir se os padres também podiam ir ao café.
- Claro que podemos. Fora da igreja eu sou uma pessoa normal, como qualquer outra – respondeu o Padre Januário.
Entre dentes o Luís retorquiu:
- Quer dizer que na igreja não é?...
Arrependeu-se mas era tarde.

 

publicado por JP às 17:13
| comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Agosto de 2015
O EFÉMERO EXPLICADO AOS PEQUENINOS...

Se passares em frente
Ao campo onde enterraste,
Os teus.
Olha bem,
E ver-te-ás,
Dançando de mão dada,
Com os teus filhos.

 

Khalil Gibran

(O Profeta)

 

publicado por JP às 12:26
| comentar | favorito
|
Sexta-feira, 31 de Julho de 2015
DA MINHA ARTE (PENSO EU DE QUE...)

antonio 2.jpg

 

 

 

publicado por JP às 22:27
| comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Abril de 2015
BUFE...

O Lopes abriu a porta do gabinete e apontou o dedo ao Antunes, que recostado na cadeira, ria-se sozinho…

- Oh pá, eu estou ali de dentro a mirar-te… Estás muito contente… Ainda não a curaste?

Antunes levantou-se de um salto, proferindo em voz alta “Está porventura a insinuar…”, calando-se de seguida com o estrondo da cadeira que caiu no chão. Agarrou-se então à mesa e continuou: “ Estará a insinuar que estou bêbado?...”

- O bafo chega aqui. Vê lá se te aprumas e começas a trabalhar certinho ou vais pra casa.

- Ai que carago… Pensa que me insulta e fica assim. Vá-mos já ver isso e vai engolir as palavras, ai vai vai!...

Pegou no casaco e saiu porta fora. Enquanto se ouvia o carro a arrancar com grande ruido, Lopes encolheu os ombros e voltou para o gabinete…

-- /\ --

“Que se passa aqui…” inquiriu o Sargento Meireles, depois de ouvir a conversa alterada no posto de atendimento.

- Este cavalheiro quer que eu lhe meça o álcool, e eu já lhe disse que não é possível - respondeu o soldado Veiga.

- Claro que não – insistiu o Sargento – o aparelho está na viatura e só é usado em caso de acidente de viação, ou operação stop…

- Mas eu preciso de ter uma prova que não estou bêbado, para esfregar no nariz ao meu patrão que me acusou esta manhã…

- Não sei… Só se… Tá bem… Veiga chame aqui o carro patrulha… Você vai ali pra beira da rotunda e pare ali que o carro vai ter consigo.

Saiu da esquadra e estacionou o carro em cima do passeio, junto à rotunda, com os quatro piscas ligados, deixando-se ficar sentado, cabeça encostada ao volante, parecendo dormir, até chegarem o Sargento Meireles e o Guarda Veiga, que bateram no vidro. Antunes pareceu acordar e saiu do carro de um salto.

- Dê-me o balão que eu bufo, para ir mostrar ao cabrão do meu patrão. Vou-lhe esfregar o papel na cara…

Depois de lhe ser explicado o procedimento, Antunes encheu os pulmões de ar e soprou…

-- /\ --

- Sabe Sr. Dr. Juiz, foram os GNRs, que me puseram nesta situação ao ensaiarem uma operação stop; foi um caso ensaiado; uma armadilha… – pedia encarecidamente o Antunes, com as mãos juntas, sobre o peito.

- Cale-se com isso homem… - disse em tom ríspido o Juiz do tribunal da Beira - Tinha ou não tinha 1.82 gramas por litro?…

publicado por JP às 12:36
| comentar | favorito
|
Terça-feira, 7 de Abril de 2015
COMPASSO

- Tu ouviste? – Perguntou a Helena, enquanto apontava com a cabeça…

- Não. O que foi?... - Interrogou a Margarida, olhando para onde Helena apontava…

A Helena fez um sinal de silêncio e foi espreitar ao corredor, voltando apressada.

- Não ouviste a Sandra a falar com a mulher da limpeza?

- Não…

- Que não abria a porta na páscoa, porque quem lá vinha só queria saber de como ela tinha a casa e depois andavam com comentários lá pela freguesia…

- Ui, deve ter cá um palacete…

- E não é tudo. Olha o que ela disse: que era uma porcaria, todos a beijar no mesmo sítio…

- Mas eles desinfetam…

- Que foi à casa da sogra, e pôs-se na sala como os outros e quando chegou a vez dela não beijou e mandou a cruz passar à frente, só pra se armar…

- Que gentinha… Se não queria não aparecia.

- É mesmo. Armanço. Anda aqui uma pessoa a cumprir com as coisas, e esta gente que não quer saber de nada, vai-se a ver vivem tão bem como nós…

- E nem são castigadas nem nada…

- Com filhos pequenos e tudo e não têm medo destas coisas.

 

publicado por JP às 14:28
| comentar | favorito
|